quinta-feira, 31 de julho de 2014

por aí...




A árvore
ou o silêncio de um ninho no interior de um ninho
a um grito da queda.


O tronco
mirrado. Como quem
se deixou tombar por dentro. Uma ave
abrigada entre folhas e ramos
a debicar o pensamento.


Os olhos
a seguirem o rumo
da seiva a espalhar-se
pelo tempo. À procura
da primavera
no fundo do mundo.


Brígida Luz

2 comentários:

  1. Um dia lá chegaremos

    num voo de pássaro

    ResponderEliminar
  2. Encontrar a primavera no fim do mundo, procurando o silêncio...
    Muito belo!
    Um beijo.

    ResponderEliminar